4 Detalhes que Já Sabemos Sobre a Série Cem Anos de Solidão na Netflix

O mundo dos leitores girou no início desse mês de março, quando a Netflix revelou que Cem Anos de Solidão, de Gabriel García Márquez, vai virar série. Alguns adoraram… E outros têm dúvidas se a adaptação fará jus ao clássico.

É importante lembrar que estamos falando de uma das obras mais importantes, lidas e traduzidas da literatura latino-americana – e do mundo.

Porém, sua adaptação para as telas sempre foi controversa pelas particularidades do livro, como o fato deste abarcar um longo período de tempo e uma longa linhagem de personagens.

Será que a Netflix vai conseguir, por meio de uma série, agradar aos leitores e apresentar este ícone do realismo mágico àqueles que não conhecem? Se você está curioso e ansioso, veja o que já foi divulgado sobre o assunto:

1 – A série será toda em espanhol

Segundo os filhos do autor, Garcia Márquez relutou por anos em vender os direitos do livro para adaptações no cinema porque acreditava que o filme, caso não fosse falado na língua espanhola, não seria fiel à obra.

Por isso mesmo, essa foi uma exigência na hora da negociação com a Netflix. Além disso, o autor também acreditava que a limitação de tempo de um filme prejudicaria a narrativa – algo que espera-se ser resolvido com a série.

2 – As gravações serão na Colômbia

Se na língua usada a Netflix parece pretender surfar no sucesso de Roma, e, por que não dizer, Narcos, há mais um fator já divulgado para deixar a obra regionalmente mais fiel ao livro.

A maior parte da produção será rodada na Colômbia, terra natal de Gabriel Garcia Márquez. Os ares de latinidade estão garantidos com as locações.

3 – A prioridade são atores também latino-americanos

Com os 2 itens citados acima, já era de se esperar que os atores escalados para os papeis dos icônicos habitantes de Macondo fossem também latino-americanos.

Em entrevista para o The New York Times, Francisco Ramos, vice-presidente de produções em espanhol da Netflix comentou:

“Sabemos que será mágica e importante para a Colômbia e a América Latina, mas o romance é universal”.

4 – Os filhos do autor estão diretamente envolvidos na série

Rodrigo e Gonçalo Garcia, os filhos de Garcia Márquez, estão totalmente envolvidos em Cem Anos de Solidão. Ambos são produtos executivos. Rodrigo já participou de outras séries, como a aclamada The Sopranos (A família Soprano, no Brasil).

Em entrevista ao El País, em 2008, ele afirmara que nunca dirigiria um filme baseado em romances de seu pai, pois acredita que tudo se tornaria um fenômeno de imprensa. Agora, porém, ele cravou:

“Na atual era dourada das séries, com a qualidade cinematográfica do conteúdo e a aceitação pelo público mundial de programas em idiomas estrangeiros, não poderia haver um momento melhor para levar a adaptação à frente”.

O que temos, até agora, é uma bela (e pequena) prévia da Netflix:

E então? Ansioso? Agora é hora de ficar de olho e esperar pelas novidades. Será que essas promessas vão mesmo se confirmar? O que mais vem pela frente? A hora é de expectativa!


Fontes:

Comentários

comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Receba direto no seu e-mail os melhores conteúdos do site e... 
CUPONS DE DESCONTO
das principais livrarias
QUERO RECEBER